Objeto Descontínuo

SINOPSE

Em Objeto Descontínuo Gustavo Sol usa um aparelho de eletroencefalografia (EEG) que capta variações elétricas do seu cérebro transformando-as em variações matemáticas. A partir delas, um computador reage aos seus fluxos de consciência e de afeto projetando sobre a cena luz, vídeos e sons. Essas mudanças audiovisuais inspiram e modificam novamente os estados de presença poética do performer. Através de diferentes tipos de ações performativas como a leitura de cartas, uma cena teatral, a contação de um sonho ou diferentes tipos de respirações, Gustavo Sol brinca com a memória e cria estados de presenças poéticas que são interpretados pelo EEG e organizadas narrativamente a partir de feedbacks entre ele e o computador.

FICHA TÉCNICA

Gustavo Sol_criação, programação computacional, performação e pesquisa

Luiz Fernando Ramos_orientação doutoramento

Rafael Frazão_vídeos e programação computacional

Felipe Merkel_programação computacional e trilhas sonoras

Bruno Elisabetsky_trilhas sonoras

Carlos Fellip_computação e eletrônica

Douglas Ricci_assistência de geral em O Barco - Festival Solos da Cidade (2013)

Complementar Produções_produção SESC Ipiranga (2015)

Reverve e Cássia Andrade_produção e montagem, 2017

Patrícia Cividanes_fotos (O Barco - Festival Solos da Cidade, 2013)

Currículo de Objeto Descontínuo 

Apresentações em eventos internacionais: 

 

  1. O trabalho também foi aceito em outro importante encontro sobre arte e tecnologia sediado há mais de 10 anos em Amsterdam, chamado ICON - 13th international conference for cognitive neuroscience, em 2017. Mas infelizmente, por falta de apoio financeiro não foi possível participar. 

  2. Congresso Internacional de Artes Cênicas e Ciências Cognitivas, 2017. Cidade de Montpellier, França. Apresentação completa de Objeto Descontínuo da interface, e dos gráficos impressos em 3D seguido de debate sobre toda a pesquisa referente ao período de estágio Sanduíche na Universidade Paul-Valey III, 2016. 

  3. The S World: Merging Methodologies International Symposium, DAMU Theatre Academy, 2017. Cidade de Praga, República Cheka, apresentação de artigo sobre a interface de reconhecimento de estados de presença poética usando PDFs e um pequeno vídeo. 

  4. MÉQ Festival International dÁrts numérique performatif de hth, no CND Montpellier hTh, 2016. Cidade de Montpellier, França. Apresentação da interface de reconhecimento de estados performativos em vídeo e PDFs explicando a pesquisa com imagens de artistas de referência. 

  5. Colloque Interdisciplinaire SCIENCES COGNITIVES ET SPECTACLE VIVANT Langages, émotions, communication. Cidade de Grenoble, França, 2016: Título: Discontinuous Object: virtual actor and a biosignal-driven performance. Apresentação de artigo com imagens em PDF e um pequeno vídeo que demonstra o funcionamento do “ator virtual”. 

  6. Isadora Werkstatt - 1o Encontro internacional dos usuários do software Isadora. Cidade de Berlin, Alemanha, 2016. Apresentação dos sistemas computacionais de dramaturgia digital em atividade interna do evento - sem documento de comprovação.

  7. IFTR - International Federation for Theatre Research, USP. Cidade de São Paulo. Curta apresentação de Objeto descontínuo
    e debate sobre o sistema computacional de interação entre performer e materiais audiovisuais, 2017.

 

Apresentações em eventos nacionais:

  1. IFTR - International Federation for Theatre Research, USP. Apresentação de artigo sobre os sistemas computacionais desenvolvidos na pesquisa com o título de States of Poetic Presence Mapped Through Electroencephalography and Oximeter by Means of Live Neurophysical 

  2. Disciplina Performance, Prof. Dra. Beth Lopes - curta apresentações e debate sobre a pesquisa, 2013 e 2014. 

  3. Disciplinas Performance e Cenografia, ECA/USP, Prof. Dr. Marcelo Denny - curta apresentação e debate sobre a pesquisa, 2014.

  4. Disciplina Neuromarketing, Prof. Dr. Leleba - curta apresentação e debate sobre a pesquisa, 2014.

  5. Escola Recriarte - curta apresentação e debate sobre a pesquisa, 2014.

  6. SP Escola de Teatro, no evento Encontros Sobre Performance - curta apresentação e debate, abril de 2014. 15. SP Escola de Teatro - curta apresentação e debate, novembro de 2014.

  7. SESC Ipiranga, 3 apresentações entre setembro e Outubro de 2016.

  8. Festival Solos da cidade no Espaço O Barco, 2013. - Estréia.

Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
DSC_0243
Objeto__Descontínuo_14
Objeto__Descontínuo_1
Objeto__Descontínuo_4
Objeto__Descontínuo_5
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo
Objeto Descontínuo